Modelo de ensino alemão chega ao Brasil com curso voltado para estudantes de Engenharia da Computação

Foto: Divulgação

O curso na modalidade dual tem início em 2023 e foi desenvolvido pela Câmara Brasil-Alemanha de São Paulo, a Ânima Educação, a Duale Hochschule Baden-Württemberg e a Universidade Anhembi Morumbi

A partir do próximo ano, pessoas interessadas em estudar Engenharia da Computação poderão optar por um curso diferenciado que segue o sistema alemão de ensino Dual, combinando teoria à prática.

Em parceria com a Ânima Educação, maior ecossistema de educação do Brasil, a Câmara Brasil-Alemanha de São Paulo (AHK São Paulo) está preparando o lançamento do curso de Engenharia da Computação Dual, que será oferecido pela Universidade Anhembi Morumbi. O curso foi desenvolvido com o objetivo ensinar estudantes a lidar com hardwares e softwares, bem como a desenvolver a capacidade de análise e tratamento de dados para a tomada de decisões. Adicionalmente, o curso oferece ferramentas para formação de profissionais multifunções que consigam atender as demandas do mercado de trabalho.

“A Engenharia é uma área que está em constante transformação e, por isso, é muito importante se adequar a essas mudanças. O novo curso Dual representará um período de três anos nos quais os estudantes poderão obter curso de inglês com certificação, mentorias e análises com uso de ferramentas Assessment (Vida & Carreira) e uma experiência prática correspondente a cerca de 1.440 horas nas empresas parceiras”, explica o Malte Benter, da Câmara Brasil-Alemanha de São Paulo.

Este modelo de ensino é certificado pela Duale Hochschule Baden-Württenberg (DHBW), primeira instituição alemã a adotar o sistema dual voltado para os estudantes de graduação. Com a participação, as empresas se beneficiarão com a contratação de profissionais estreitamente ligados às atividades e alinhados às competências que buscam no mercado de trabalho. Outra vantagem da adoção do sistema Dual de Ensino Superior é o corte de custos de treinamento e integração, que são realizados pelas intuições de ensino. Por fim, as empresas também são reconhecidas como formadoras por seu engajamento com a educação inovadora e de qualidade.

Esses pontos são fundamentais neste momento de ascensão do setor de tecnologia e de aumento na procura por mão-de-obra qualificada. “De um lado, temos profissionais que ainda não possuem todas as competências e habilidades profissionais desejadas pelas empresas e do outro empresas que precisam urgentemente dessas competências e, por isso, recorrem a contratação de profissionais mais experientes de outras empresas, aumentando o turnover no mercado e dificultando a retenção de talentos”, afirmou a Gestora de Ensino Dual da Ânima Educação, Juliana Lopez de Oliveira. “Neste contexto, o Curso Dual de Engenharia da Computação se apresenta como uma solução para este dilema, por acelerar o processo de formação profissional e estimular o relacionamento de longo prazo entre empresa e profissional, reduzindo o turnover e, consequentemente, produzindo retorno sobre o investimento feito na formação do profissional.”

A turma inaugural contará com 30 estudantes que cursarão 10 semestres, sendo quatro deles parte do Núcleo Comum da Engenharia, durante o qual os estudantes serão preparados a iniciar o curso, e os outros seis relacionados ao Ciclo Dual.

Sobre o sistema alemão dual de ensino:

O sistema Dual tem uma tradição centenária na Alemanha e caracteriza-se por um formato que oferece um aprendizado mais completo e imersivo aos estudantes. Ainda que seja muitas vezes comparado ao ensino técnico brasileiro por conta do ensino que se dá ora nas escolas profissionalizantes, ora nas empresas parceira, o Dual tem o diferencial de proporcionar um conhecimento mais amplo sobre o campo de trabalho, maior carga horária, além de fomentar uma estreita relação entre estudantes, instituições de ensino e as empresas.

O Dual Superior surgiu como uma atualização desse sistema: agora, profissionais que já estão cursando o ensino superior poderão se aprofundar ainda mais em suas respectivas áreas de estudo e se beneficiar também das vantagens que essa metodologia oferece, ou seja, o desenvolvimento de competências adaptadas às necessidades do mercado e o relacionamento de longo prazo com as empresas parceiras.

No Brasil, o Dual é possibilitado pela Câmara Brasil-Alemanha de São Paulo, com o apoio de instituições do governo e de patrocinadores. Enquanto os cursos técnicos já existem há mais de 40 anos no País e são voltados para estudantes do ensino superior que tiveram início em 2022, com o programa Ensino Dual Superior Contabilidade 4.0, que tem como público-alvo os profissionais da área contábil.

As empresas que tiverem interesse em participar do programa de ensino dual podem entrar em contato pelo e-mail dual@ahkbrasil.com.